• Silvano Formentin

3 povoados da Toscana que você precisa conhecer!

Essa região está repleta de lugares encantadores, que representam todo o charme da Itália!

Região italiana da Toscana

A Toscana é uma das regiões mais apaixonantes da Itália, e eu tenho certeza de que é quase impossível mencionar esse lugar sem fazer você imaginar belos vinhedos, estradas e construções medievais, não é mesmo?


Mas, além das famosas Florença, Siena ou Pisa, essa região italiana está repleta de cidadezinhas charmosas e não tão visitadas pelos turistas!


É justamente esses tesouros, carregados de muita história, tradição e boa gastronomia que eu trouxe no post de hoje para compartilhar com você! Confira agora 3 povoados da toscana que merecem – e muito! – serem visitados:


1- San Gimignano

Cidade de San Gimignano, na Itália

A 60 quilômetros ao sul de Florença, em meio as colinas da Toscana, está localizado um povoado repleto de construções de origem medieval e rodeado por muralhas chamado San Gimignano.


Essa pequena cidade de 7 mil habitantes é conhecida, principalmente, pelas torres medievais que se conservam até hoje!


Elas foram construídas em uma época em que as famílias da cidade desejavam demonstrar o seu poder e riqueza através de imponentes torres em suas casas – isso mesmo, elas não eram apenas torres! Eram parte de casas, e os quartos geralmente ficavam nos cômodos mais baixos.


Estima-se que cerca de 72 torres foram construídas a partir do século XI, e atualmente ainda é possível admirar 14 delas, que seguem intactas.


Na época de construção das torres, San Gimignano ficava entre as cidades que faziam parte da Via Francigena, uma antiga rota que conectava a cidade de Canterbury, na Inglaterra, à Roma.


Durante muitos anos os viajantes que buscavam visitar os túmulos dos apóstolos Pedro e Paulo em Roma paravam no vilarejo para descansar e se alimentar.


Infelizmente, por volta do século XIV a epidemia da peste negra afetou San Gimignano, causando a morte de metade da população! Esse foi o início de um período de decadência para a cidade, o que contribuiu para a preservação da sua arquitetura medieval, já que ela não acompanhou a modernização das demais cidades toscanas.


Justamente por ter preservado tão bem sua arquitetura feudal, San Gimignano foi eleita em 1990 Patrimônio Mundial da Unesco!

Ruas de San Gimignano

Essa charmosa cidadezinha é perfeita para ser visitada a pé: em apenas 15 minutos de caminhada é possível ir do norte ao sul de San Gimignano! E o que você pode admirar nesse trajeto é encantador, ruazinhas estreitas, construções de tijolos que remetem ao período medieval, e é claro, diversos estabelecimentos com os excelentes vinhos e embutidos da toscana!


Uma das principais atrações da cidade é a Piazza della Cisterna, uma praça com diversas torres e uma cisterna que data do ano de 1287! é nessa praça que se encontra a famosa Gelateria Dondoli, eleita diversas vezes a melhor sorveteria do mundo!


A Piazza della Cisterna também é o local onde se encontram os melhores hotéis da cidade, e fica conectada à Piazza del Duomo, outra praça muito bonita de San Gimignano.

A igreja da cidade

Na Piazza del Duomo, você pode admirar a igreja da cidade. Se comprado aos demais "Duomos" gigantescos e exuberantes da Itália, essa igreja é bem simples, mas mesmo assim não perde o seu charme!


Por apenas 6 euros você pode garantir um ingresso para visitar o Duomo e o Museu da Arte Sacra. Ainda na Piazza del Duomo, é possível visitar a Torre Grossa, que possui nada menos do que 64 metros de altura!


Essa é a mais alta das torres ainda conservadas na cidade, e foi construída em 1311! Com um ingresso pelo preço de 7,50 euros você consegue visitar a torre, admirar a bela paisagem toscana do alto e ainda passear pelo Museu Cívico da cidade, que conta com diversas obras de artistas toscanos.


2- Monteriggioni

Cidade de Monteriggioni, na Toscana

Esta é outra cidade histórica que fica de fora de roteiros tradicionais de passeios pela Toscana. Monteriggioni fica no topo de uma colina entre Siena e Colle Val d'Elsa, e possui cerca de 8 mil habitantes.


Ela foi construída entre 1213 e 1219, com o propósito de ser uma base militar devido à sua localização estratégica. Por isso, ela também é cercada por muralhas e possui 14 torres em estilo medieval, e até os dias de hoje carrega a simplicidade e a estrutura da época de sua construção. Os muros ao redor da cidade tem 570 metros de comprimento .


Um fato curioso é que o ilustre Dante Alighieri citou Monteriggioni em sua obra "A Divina Comédia". Confira o trecho:


"Sobre o muro arredondado, Monteriggioni é coroada por torres, então na margem infernal que o fosso circunda, guerreavam os terríveis gigantes, apenas com a metade de seu corpo encouraçado"

Essa pequena cidade que é, literalmente, histórica, com certeza vale uma visita, não é mesmo? E as atrações de Monteriggioni com certeza são tão interessantes quanto a sua história!


O que mais chama atenção na cidade são as ruas e construções de pedra, que dão todo o charme e encantam os visitantes. O ponto turístico principal é a Igreja de Santa Maria Assunta, um local de arquitetura rústica, que foi erguida juntamente com o castelo de Monteriggioni!


A igreja se localiza na Piazza Roma, uma charmosa praça onde você vai encontrar diversos restaurantes, bistrôs, lojinhas e alguns hotéis!


Próximo à igreja, os turistas podem visitar o Museu Monteriggioni in Arme, um espaço que expõe reproduções de armas, armaduras e artefatos do período medieval, contando assim a história da cidade!

Festival Medieval de Monteriggioni

O Museu oferece uma atividade muito legal: os turistas podem vestir uma armadura, empunhar armas e espadas e se sentir como um verdadeiro cavaleiro medieval! Incrível, não é mesmo?


A cidade conta com um evento muito especial no mês de julho: O Festival Medieval! Nessa festa, os moradores da cidade se caracterizam com roupas da época medieval, cantam e dançam celebrando as origens da cidade! Confira o site oficial do festival clicando aqui!


3- Cortona


Essa cidade talvez seja a mais conhecida das três, afinal, ela foi cenário de um dos filmes mais famosos cuja trama se passa na Itália: o belíssimo "Sob o Sol da Toscana"!


No filme, a recém divorciada Frances viajava para a Itália e durante o passeio, impulsivamente decide comprar uma casa em um vilarejo toscano. Confira o trailer do filme:


Localizada na província de Arezzo, a belíssima Cortona também é um vilarejo em estilo medieval, combinado com a charmosa paisagem Toscana. Ela é uma cidade tranquila, onde os turistas adoram passear a pé, admirando as belas construções antigas, com alguns detalhes da época do renascimento.


Cidade de Cortona, na Itália

Um das grandes atrações de Cortona é o prédio da prefeitura da cidade, chamado de Palazzo Comunale. Ele foi construído no século XII e ampliado no século XVI, com a construção da torre do sino e as grandes escadas de acesso ao edifício.


Outro local que pede uma visita é a Igreja de São Francisco de Assis, construída em 1247. Essa igreja possui algumas relíquias de São Francisco: uma roupa, o evangelho e uma espécie de travesseiro, além de um relicário em mármore com fragmentos da Santa Cruz.


Cortona também possui uma catedral: a de Santa Maria Assunta. Ela foi construída no século XV, sob as ruínas de uma outra igreja cristã, que tinha sido, por sua vez, construída sob um templo pagão.


Na parte frontal da Catedral, existe um terraço de onde é possível admirar uma bela vista da toscana: o encantador Vale di Chiana.


Pequenos Tesouros da Toscana


Aposto que você ficou com vontade de se aventurar por entre as ruas e encantos dessas joias italianas, não é mesmo? Caminhar por essas cidades deve ser como fazer uma viagem no tempo!


Me conte nos comentários, qual dessas três pequenas cidades você gostaria de conhecer primeiro? Vou adorar saber a sua opinião!


Além disso, lembre-se de cadastrar o seu e-mail no campo abaixo do artigo para receber as novidades aqui do blog!


Ci vediamo!




487 visualizações7 comentários

Posts recentes

Ver tudo