• Silvano Formentin

A celebração de Páscoa na Itália

A Páscoa na Itália, juntamente com o restante da Semana Santa representa a forte tradição religiosa do país.

Assim como no Brasil, a Páscoa na Itália é uma festa religiosa muito importante. A data é celebrada todo ano, no primeiro domingo após a primeira lua cheia que ocorre depois do equinócio de primavera/outono.


Ainda assim, existem algumas diferenças em relação à Páscoa da Itália e a do Brasil. Desde as comidas típicas até as brincadeiras e os presentes, essa diferença cultural é o que faz da Semana Santa um período tão interessante no país da bota.


Dessa forma, confira nesse artigo as informações que eu reuni sobre a Páscoa na Itália. Entenda o que comem, fazem e celebram os italianos nessa data tão especial! Confira, ainda, os ritos e tradições que acontecem até os dias de hoje!


A origem da celebração de Páscoa


A Páscoa é uma celebração com um plano de fundo religioso muito forte. Na Itália, então, a população carrega muitas tradições, simbolismos, história, lendas e religiosidade, afinal, estamos falando do local que é a sede da Igreja Católica.


Ainda assim, a Itália antiga é repleta de folclore e ritos pagãos, onde se celebrava o início da primavera, as colheitas e a fartura. Conta a história que os antigos romanos comemoravam nesse período um culto à fertilidade.


A tradição era de que as crianças procurassem por ovos escondidos em suas casas e recebiam doces como prêmio, costume bem comum até os dias de hoje - ainda que existam algumas adaptações.


Atualmente, essas celebrações se misturam com as religiosas que fazem referência à morte e ressurreição de Jesus Cristo. Isso deu origem a uma data festiva muito interessante, repleta de referências e uma herança cultural muito rica. Confira todos os detalhes a seguir!


Os símbolos da Páscoa na Itália

Os símbolos da Páscoa na Itália são parecidos com os conhecidos aqui pelo Brasil, e também carregam significados religiosos, representando a renovação. Veja aqui quais são os principais, e seus respectivos significados!


L'uovo - O Ovo


O ovo, assim como o pintinho, são símbolos de nascimento e de uma nova vida. O ovo é uma imagem muito representativa da Páscoa, pois celebra a ressurreição de Jesus Cristo - ou seja, o seu renascimento.


Na Itália, além do ovo ser consumido em receitas salgadas, também é comum encontrar ovos decorados com diversos desenhos e dedicatórias, recheados com doces, e até mesmo os ovos de chocolate, tão famosos no Brasil.


L'agnello - O Cordeiro


No cristianismo, Jesus muitas vezes foi comparado ao cordeiro, sendo chamado de "Cordeiro de Deus". Isso se dá pelo fato de o cordeiro era um animal dócil muito usado para sacrifícios em nome de Deus.


Assim, se o ovo é o símbolo da vida, o cordeiro representa o sacrifício feito pelo Filho de Deus. Adotar o cordeiro como símbolo da Páscoa é uma tradição também dos judeus, que consomem cordeiro em memória ao fato de que Deus, antes de enviar a última praga contra os egípcios para matar todos os primogênitos, prometeu a salvação se os chefes de família marcassem as portas das suas casas com sangue de cordeiro.


Il Coniglietto - O Coelhinho


Assim como o ovo, o coelho representa a reprodução, nascimento de novas vidas e renovação. Além disso, como este animal muda a cor do seu pelo de acordo com as estações quentes e frias, é referido por Santo Ambrósio como um símbolo da Ressurreição.


Da mesma maneira, o coelho era um dos primeiros animais a serem vistos com o fim do inverno. Isso fez com que o coelho passasse a ser enxergado como um símbolo da renovação e, portanto, da ressurreição.


La campana - O Sino


O sino representa a festa, a alegria com que os fiéis celebram a Páscoa e a Ressurreição de Jesus. Assim, na Sexta-feira Santa, quando se comemora a morte de Cristo, os sinos de todas as igrejas tocam em luto, enquanto no dia de Páscoa os sinos de todas as igrejas tocam em celebração para anunciar a Ressurreição de forma festiva.


Il cero - A Vela


A vela representa a ressurreição de Cristo e os fiéis que acompanham a chegada da vela à igreja em procissão simbolizam o novo povo de Deus seguindo o Cristo ressuscitado, a luz do mundo.


Mais um símbolo com forte significado religioso, a luz da vela ilumina as trevas, e por isso ela é um símbolo de Jesus, que é considerado a luz do mundo, pois com sua morte e ressurreição derrotou as trevas.


A culinária de Páscoa na Itália

Assim como o Natal e diversas outras festas da Itália, a Páscoa também é uma celebração familiar. Sendo assim, é muito comum que as famílias italianas se reúnam desde a manhã do domingo de Páscoa.


Teoricamente, é o café da manhã do domingo de Páscoa que marca o fim do jejum da quaresma, pois esse é o primeiro alimento substancioso depois dos 40 dias - e muitas delícias são reparadas ao longo do dia para essa celebração especial.


É claro que isso envolve muita comida - afinal, não seria diferente na terra de uma das culinárias mais famosas do mundo. A gastronomia típica de Páscoa na Itália é diferente entre as regiões do país, mas as principais comidas você confere agora:


1- Agnello / Cordeiro

Além de ser um dos símbolos que representam a religiosidade da data, o cordeiro se faz presente também na mesa dos italianos durante a Páscoa. Em quase todas as regiões do país, o cordeiro é consumido como prato principal no almoço.


A diferença se dá entre os acompanhamentos: no Piemonte, ele é assado com batatas, no Vêneto e na Campânia é feito com alecrim e cebola, e na Sicília, com queijo e ovos, por exemplo.


Seu consumo tem significado religioso, pois representa o sacrifício de Cristo na cruz. Também está ligado à celebração judaica da Páscoa, onde, antes do êxodo do Egito, conforme prescrito por Deus a Moisés, o povo de Israel sacrificou um cordeiro e o comeu assado, junto com ervas e pão.


2- Torta Pasqualina


A torta pasqualina é um prato típico da região da Ligúria durante a Páscoa. Ela leva ovos cozidos inteiros no recheio, como uma forma de simbolizar o renascimento e a vida, que é celebrada nesse período nos rituais do cristianismo e também nas celebrações pagãs de equinócio.


Esse prato consiste em massa folhada à base de farinha e azeite de oliva, com recheios que variam entre espinafre, alcachofra ou acelga. Além disso, a receita também leva queijo ralado, noz moscada, noz-moscada, e é claro, os ovos.


A torta pasqualina é um prato que pode ser encontrado também fora da Itália, pois é muito popular no Uruguai, Paraguai, Argentina e ate mesmo no Chile. A diferença é que, nestes outros países, ela é consumida durante o ano todo, não sendo uma exclusividade da Páscoa.


3- Colomba


A Colomba é um doce popular da Páscoa aqui no Brasil também! Esse doce, nascido em Pavía, na Itália, tem uma história de origem bem interessante: Conta a lenda que, quando a cidade do norte da Itália estava sendo saqueada por soldados do rei dos Lombardos, Alboino, um padeiro da cidade decidiu assar um bolo em formato de pomba para simbolizar a paz!


Ele ofereceu o bolo aos invasores, e eles gostaram tanto do doce que decidiram poupar a cidade e não mais invadi-la! A história sendo verdadeira ou não, o importante é que o bolo em forma de pomba (colomba, em italiano) tornou-se uma tradição da Páscoa.


4- Pinza


A Pinza é mais um doce que compõe a mesa dos italianos na região de Friul-Veneza Júlia durante a Páscoa. Ela nada mais é do que um pão doce e cítrico, aromatizado com casca de limão e laranja!


De acordo com a tradição, ele é servido acompanhado de uma fatia de presunto para quebrar o jejum da sexta-feira santa. Em sua cobertura, é desenhada uma espécie de cruz, que simboliza a paixão de Cristo.



Como são as celebrações de Páscoa na Itália?


As comemorações da Páscoa na Itália se iniciam na sexta-feira (data em que os italianos trabalham normalmente) e vão até a segunda-feira! Isso mesmo, a celebração de Páscoa não acaba no domingo.


Isso acontece pois, na Itália a segunda-feira também é um feriado conhecido como “pasquetta”. Essa é uma data que celebra a aparição do anjo para mulheres que visitavam o sepulcro de Jesus anunciando a sua ressurreição.


Se o fim de semana é celebrado com refeições em família, a "pasquetta" é comemorada com mais reuniões familiares, piqueniques, passeios pelo centro da cidade e pelos pontos turísticos.


De uma maneira geral, a Páscoa na Itália é um momento de paz, união familiar e o toque especial que todo evento na Itália carrega: a comida deliciosa e confraternização ao redor da mesa!


Me conte nos comentários: Quais são os costumes de Páscoa da sua família? Lembre-se também de cadastrar seu e-mail no campo abaixo do artigo para receber as atualizações aqui do blog!


Buona Pasqua!


Arrivederci!

3.843 visualizações18 comentários

Posts recentes

Ver tudo