• Silvano Formentin

A macabra história da Ponte dos Suspiros, em Veneza

Muitos dizem que a ponte é tão bela que arranca suspiros de quem passa por lá, mas a história verdadeira não é bem essa...

A Ponte dos Suspiros, em italiano, Ponte dei Suspiri é uma belíssima ponte de pedra, ponto turístico marcante de Veneza! Ela foi projetada pelo arquiteto Antonio Contin e inaugurada em 1603!


Ao longo dos anos, muitas teorias surgiram para explicar o nome dado a Ponte! Para alguns, ela é uma obra arquitetônica tão bela que arranca suspiros de quem a admira, para outros, os suspiros vêm dos apaixonados casais que passam de gôndola por debaixo da sua estrutura.


A verdade, entretanto, não é tão romântica ou suave assim - eu diria, até, que a história da ponte é um tanto obscura. É exatamente isso que eu vou te contar no artigo de hoje! Aproveite, boa leitura!


A história da ponte

Inicialmente, os prisioneiros em julgamento em Veneza eram mantidos nas câmaras da prisão subterrânea dentro do Palácio dos Doges - local por onde se acessa um dos lados da ponte.


Entretanto, conforme o número de prisioneiros crescia, a prisão foi expandida para um prédio do outro lado do canal chamado Nova Prisão, e a Ponte dos Suspiros foi construída principalmente para transportar os prisioneiros diretamente de seu julgamento para suas celas.


É por isso que, o nome da ponte vem dos suspiros dos prisioneiros que cruzaram a ponte a caminho de suas celas de prisão ou câmara de execução, capturando seu último vislumbre da beleza de Veneza através das pequenas janelas. A passarela da ponte também está dividida em duas partes e separada por um muro. Isto foi feito para que os prisioneiros que caminhavam em direções opostas nunca pudessem se ver ou se cruzar. Isso só reforça o quanto a vida de um prisioneiro era solitária e sem esperança!


O prisioneiro fugitivo


Dar uma rápida olhada pela janela e encarar a execução foi o destino de praticamente todos os prisioneiros, com exceção de um...


Giacomo Casanova, escritor e aventureiro italiano, foi feito prisioneiro no (Palácio Ducal) em 1755, e colocado em uma cela minúscula, com a previsão de permanecer por ali por pelo menos 5 anos. Ela havia sido preso na madrugada de 26 de julho de 1755, sob a acusação de levar uma vida dissoluta, de possuir livros proibidos e de fazer propaganda antirreligiosa.


Giacomo era conhecido como um mulherengo, aventureiro, e uma de suas mais notáveis aventuras foi justamente escapar de ser mais um homem que dava seus últimos suspiros na Ponte dos Suspiros.

Inconformado com a sua prisão, ele começou a cavar um túnel já nos primeiros dias encarneirado. Esse plano, entretanto, foi por água abaixo quando ele foi trocado de cela. Mas, mesmo com essa adversidade, ele não desistiu, e depois de 16 meses, fugiu por um buraco feito no teto da cela, de onde ele teve acesso aos telhados do Palácio ducal e saiu em fuga rumo à França!


Você pode ler tudo sobre essa grande aventura no livro História da Minha Fuga das Prisões de Veneza, com autoria do próprio Giacomo! – pois sim, ele relatou tudo!


A beleza da Ponte dei Suspiri


Nem só de histórias trágicas e de épicas aventuras vive a Ponte dos Suspiros – ela também reserva um espaço para o romance! Diz a lenda que o amor eterno estará garantido se você passar por baixo da ponte de gôndola ao pôr do sol com os sinos do campanário de são Marco tocando.


Vale a pena tentar... Você não acha? Pelo menos, eu tenho certeza de que a vista será linda!


Falando em vista, a maneira mais fácil de ver a Ponte dos Suspiros por fora é visitando uma das pontes vizinhas. A mais fácil de se alcançar é a Ponte Paglia ao lado da Praça São Marco e logo atrás do Palácio dos Doges. Mesmo sendo uma das pontes mais movimentadas de Veneza, vale a pena ir até lá, pois a luz entra por trás e ilumina perfeitamente a Ponte dos Suspiros. É exatamente o que você precisa para uma foto maravilhosa!


A Ponte dos Suspiros é um exemplo incrível da história de Veneza, a cidade que cresceu e prosperou em cima da água! Eu espero que você tenha gostado de aprender um pouco mais sobre esse ponto turístico indispensável da Itália.


Lembre-se de deixar seu comentário aqui embaixo, me contando o que você achou do artigo e das histórias que eu contei aqui! Caso ainda não tenha feito, cadastre seu e-mail no campo logo abaixo do artigo para sempre ficar por dentro das novidades daqui!


Arrivederci!

4.910 visualizações58 comentários

Posts recentes

Ver tudo