• Silvano Formentin

A magia dos jardins italianos

Conheça um pouco mais sobre esse estilo de jardins que é muito famoso no mundo todo!

Jardim no estilo italiano

O estilo italiano de jardins é conhecido no mundo inteiro. Os belos espaços verdes adornados com esculturas e arbustos são até hoje um exemplo de paisagismo romântico e poético.


É muito difícil não se encantar com esses espaços que misturam a natureza com obras de arte, não é mesmo? É por isso que no artigo de hoje eu vim te convidar para um passeio pela história e pelos detalhes desses magníficos jardins! Vamos lá?


A história dos jardins italianos


Um típico jardim italiano é espaçoso e, é claro, conta com esculturas, fontes e outras obras de arte. Essa combinação surgiu na época do renascimento italiano, inspirada nos jardins da Roma Antiga, que também possuíam diversos adornos desse tipo.


Assim como a filosofia do renascimento, um jardim renascentista também é muito focado na beleza e na ordem. Dessa forma, elas surgiram como uma maneira de exaltar um espaço onde a paisagem pudesse ser admirada junto com os perfumes de um jardim.


Antes do século XV, o que existia pela Itália eram jardins mais simples, geralmente com uma fonte ou escultura e alguns vasos com plantas ao redor. Aos poucos, em Florença e Roma, esse novo estilo mais rebuscado começou a surgir.


Os jardins se tornaram maiores e mais simétricos, enfeitados não só com uma escultura, mas sim com várias, juntamente com estátuas, fontes, grutas, e é claro, folhagens, plantas e arbustos.


Esse estilo começou a ser imitado por toda a Europa, e chegou a influenciar os jardins do renascimento francês e inglês. Como as cidades na época foram construídas aos arredores de grandes palácios e outros edifícios, esses jardins foram construídos em zonas verdes um pouco mais afastadas desses centros.


Os elementos de um jardim italiano


Um típico jardim italiano é composto por alguns elementos básicos. Eles se complementam e formam essa estrutura impressionante, que até hoje serve de modelo para paisagistas de todo o mundo. Vamos ver agora quais são eles. Confira!


1- Água

Fonte de água em jardim

A água foi um elemento muito importante na Roma Antiga de um modo geral. A cidade era muito famosa por suas termas, as grandes casas de banho gratuitas. Eu já escrevi um artigo contando sobre elas, e você pode ler clicando aqui!


Como os jardins italianos foram fortemente influenciados pela Roma antiga, a água é um de seus elementos principais. Ela pode estar presente no formato de lagos, piscinas, fontes pequenas ou grandes, chafarizes, cascatas, entre outros.


Não só um elemento para hidratar as plantas, a água também fornece frescor, beleza e harmonia aos jardins. Ela também tem uma função sonora: os barulhos de córrego ou gotejamento também contribuem para a tranquilidade da experiência.



2- Cores e formas

Jardim tipicamente italiano

Tradicionalmente um jardim italiano é bem mais verde do que colorido. Isso porque a preferência é sempre pelas plantas e folhagens, e não por flores. Além disso, é bem comum que os arbustos e demais plantas sejam moldados em formatos geométricos, quase sempre redondos e quadrados.


A simetria é muito importante em um jardim italiano. Por isso, eles têm um design formal, com canteiros simétricos, geométricos e partes delineadas por sebes (cercas-vivas) e muros.


Como muitos dos jardins italianos foram construídos sob encostas, é comum que eles tenham vários níveis. Dessa forma, existem lugares onde os visitantes podem admirar a vista do alto.


3- Esculturas

Como os jardins italianos começaram como sendo uma extensão das casas, as decorações feitas com obras de arte também fazem parte dessa estrutura. É muito comum encontrar fontes com esculturas imponentes, bem como estátuas espalhadas por toda a extensão dos jardins.


A Itália é o país de origem dos maiores escultores da história, como Michelangelo e Donatello. Dessa forma, é mais do que normal que obras desse tipo também enfeitem os jardins.



Os mais belos jardins da Itália


Agora que você já entendeu como a composição de um típico jardim italiano, está na hora de conhecer os espaços mais magníficos da Itália. Esses são jardins realmente esplêndidos, e que merecem uma visita!


1- Jardim de Bóboli - Florença

Jardim de Bóboli

Esse jardim de Florença é um perfeito exemplo da beleza dos famosos jardins italianos, e foi construído como um tributo para a Duquesa Eleonora de Toledo.


Eleonora era esposa de Cosimo I de Médici e sofria de tuberculose. Esse foi o motivo principal que influenciou a construção do jardim, pois ela acreditava que o ar livre faria bem para a sua saúde.


Essa ainda é a maior área verde de Firenze e ocupa um espaço de aproximadamente 45 mil metros quadrados. Adornado com diversas fontes, lagos e estátuas, o Jardim de Bóboli oferece um passeio muito agradável, mas que pode ser cansativo – prepare-se para caminhar bastante se quiser ver cada detalhe do local, inclusive por territórios íngremes.


2- Labirinto Borges – Veneza

Labirinto Borges

Como o próprio nome já indica, esse é um jardim em formato de labirinto, que foi construído em homenagem ao escritor argentino Jorge Luís Borges. Ele foi inspirado em uma obra do autor, chamada de “O Jardim das Veredas que se Bifurcam”.


O labirinto possui mais de dois quilômetros e, atualmente, é o maior labirinto do mundo! Um passei por esse jardim é uma verdadeira aventura. É claro que, como um bom jardim italiano, ele também possui toda a beleza e simetria característica.


3- Jardim Giusti – Verona


Jardim de Giusti

O Jardim Giusti é um dos mais belos jardins renascentistas, e que passa despercebido pela maioria dos turistas. Esse é um verdadeiro tesouro escondido da cidade de Verona!


Ele conta com todos os elementos marcantes de um jardim italiano: fontes, estátuas, grutas, arbustos geométricos e muita beleza. É ideal para um passeio de fim de tarde e um piquenique!


Espero que você tenha gostado e se encantado tanto quanto eu por esses magníficos jardins! Eles são mais uma prova de que os italianos estão muito conectados com a arte, até mesmo quando se trata da natureza.


Lembre-se de deixar o seu e-mail registrado no campo abaixo do artigo. Dessa forma, você é notificado e não perde nenhuma atualização aqui do blog!

Um abraço e até a próxima! Ci vediamo!

Posts recentes

Ver tudo