• Silvano Formentin

Dica de Viagem: Você sabe quais são os melhores assentos do avião?

Viajar de avião pode ser um sonho ou um pesadelo: escolha um bom assento e aproveite a viagem!


Se engana quem pensa que os lugares do avião são todos iguais

Uma das melhores partes de uma viagem é, sem sombra de dúvida, ter a experiência de voar em um avião. Sentir o frio na barriga, ver os prédios ficarem pequeninos pela janela enquanto o avião decola com toda sua força, ver as paisagens deslumbrantes, contemplar as nuvens pelo lado de cima e enfim, chegar ao tão esperado destino.


Para mim uma das melhores partes é quando o avião inicia o empuxo de decolagem. Nessa hora a velocidade do ar dentro das turbinas, nas pontas das palhetas dos fans (parte mais externa dos motores Turbofans), passa da velocidade do som, chegando a Mach 1,15, o que faz a gente colar nos assentos. É Fantástico! 


Mas um voo de longa distância, em uma poltrona apertada, ou em um lugar com muito ruído, ou muito frio, pode arruinar a sua viagem logo no início.

Por isso estou te enviando essas dicas muito valiosas para você ter uma viagem muito melhor e sem aborrecimentos. Tudo pronto? Então vamos lá.


Quer os melhores lugares? Seja ágil


Para conseguir os melhores assentos no avião, saiba que os melhores lugares acabam rápido! Por isso, o melhor jeito de conseguir bons lugares, é reservar quando você comprar a passagem. Se isso não for possível, a segunda melhor maneira é fazer check-in pela internet. 


O segundo fator que tem que ser levado em conta é a sua preferência: você quer descer primeiro do avião? Quer um lugar mais espaçoso? Um lugar com menos turbulência? Um lugar com menos barulho? 


Para desembarcar do avião mais rápido, os melhores lugares para escolher são os primeiros, os assentos com números menores (1 até 16), eles te permitem desembarcar logo e ganhar alguns minutos na hora do desembarque, mas só vale a pena se você não tiver despachado bagagem, porque nesse caso, sair mais rápido do avião significa apenas esperar mais pela sua mala na esteira de bagagem. 


Se você quer evitar o frio, ou quer ter mais espaço para guardar sua bagagem de mão, escolha os assentos traseiros, como o fluxo de ar nos aviões circula de frente para trás, o fundo é a parte menos gelada da aeronave. Eu prefiro sentar mais no meio e levar uma blusa, mesmo que o destino seja um lugar quente.


Quais os assentos mais confortáveis? 


Para ter mais conforto no que diz respeito ao espaço, os melhores lugares são, a primeira fileira e a fileira da própria saída de emergência. Eles tem mais espaço para as pernas. Só que nem sempre é possível escolher estes lugares pela internet, em alguns caso só ao fazer check-in no balcão mesmo.

Se você quer fugir do barulho para poder dormir melhor, principalmente em uma viagem longa como do Brasil até a Itália, evite o fundo, já que ali fica a cozinha e o banheiro e haverá uma movimentação maior. 


Os lugares onde fica a asa, também devem ser evitados, devido ao barulho da turbina. Prefira os lugares entre as fileiras 5 e 9.


Muitas empresas disponibilizam um protetor auricular, o famoso tapa ouvidos, mas não são tão bons e eu recomento você comprar o seu em uma farmácia, pois tem melhor eficiência e conforto. Para mim é um assessório importantíssimo.


Problemas com enjoos? 


Se você não quer ficar apavorado com turbulências (que nem sempre acontecem, fique tranquilo) ou sofre com enjoos, fuja do fundo, é o local que mais balança. Se esse é o seu caso, tente ficar nas poltronas que estão entre as asas, ali é o local mais estável da aeronave.


Outra dica é procurar um médico antes da viagem e pedir se seria possível e seguro tomar um remédio para evitar enjoo. MAS PROCURE UM MÉDICO, NUNCA SE AUTO MEDIQUE!


Em minha experiência com voos, que foram 12 ou 13 até agora, entre Brasil, Itália, Alemanha e Espanha, em só duas ocasiões passei por turbulência, uma forte e uma fraca. Então não se preocupe, as chances de acontecer são baixas e na verdade o avião é preparado para aguentar turbulências.


Há duas fileiras no avião onde as poltronas não reclinam: a última fileira e a fileira logo em frente à saída de emergência (cujo número varia dependendo do avião, mas é sempre ali entre a 10 e a 15).


Uma ferramenta útil para compra de passagem aérea


Agora que você já sabe os locais onde deve evitar e quais deve escolher, está na hora de usar uma ferramenta muito boa! O site SeatGuru, ele é ótimo!


Basta você colocar a companhia aérea que você vai viajar, data e o número do voo e pronto! Ele vai te mostrar o mapa de assentos do avião em que você vai viajar, ele ainda mostra fotos, informações sobre o voo, como bagagem, alimentação e etc.


Outra dica M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A sobre assentos de avião, e que nunca vi ninguém divulgando, é que na primeira fileira do avião você vai encontrar uma tomada comum por conta de emergências, caso a tripulação precise usar um desfibrilador.


Muito útil quando seu celular ou tablet ficar sem bateria. Em voos de algumas companhias europeias e norte-americanas, leve adaptadores de tomadas em formato de plug de isqueiro de carro.


Neles, todos os assentos têm uma tomada que pode ser usada desde que você possua esse adaptador.


Outras dicas importantes:


  • À bordo, o oxigênio é menos abundante do que em terra. Evitar bebidas alcoólicas, que diminuem ainda mais o aproveitamento do oxigênio pelas células é uma boa prevenção.

  • Água ou suco a cada duas horas de voo, são recomendações claras de especialistas.

  • Na véspera procure evitar bebidas gasosas, fibras e os famosos alimentos que causam gases como feijão, repolho, batata doce.

  • A sensação de inchaço na barriga tende a piorar com os efeitos da viagem aérea.

Sobre dores e inchaços nas pernas


Sobretudo nos mais idosos, o inchaço é um dos sintomas comuns durante voos longos. Acontecem devido ao grande tempo sentado. Para evitar, procure, mesmo sentado, fazer movimentos com as pernas e os tornozelos. Meia-calça mais agarrada atenua o problema.


Rinites e outras alergias


Além dos medicamentos específicos, é bom ter em mãos soro para higienização das fossas nasais. Descongestionantes diminuem o efeito do aumento da pressão na orelha média.


Incômodo no ouvido


O aumento da pressão na região da orelha média, especialmente nos pousos é uma reclamação praticamente geral. A sensação de surdez é muito comum. Embora muita gente questione, os truques de tapar e soprar o nariz, depois soltar ou ainda, usar chilete pra conseguir aliviar por meio de mastigação, são truques válidos.


Remédios pra dormir


Muita gente apela para remédios para dormir, é um maneira clássica de “fuga” durante as longas viagens, no entanto, não é aconselhável. Na verdade esses remédios acabam se tornando perigosos.

No caso de alguma ocorrência onde seja necessário o desembarque imediato, o passageiro ficará prejudicado e pode prejudicar outras pessoas. Se a alta suscetibilidade aos efeitos desses medicamentos for seu caso, evite-os.


Doenças pré-existentes


Para quem tem doenças cardíacas ou pulmonares crônicas, mesmo os que estiverem com o problema controlado, sugere-se consultar o médico antes de viajar. Muitas vezes é possível (e até necessário) fazer alguns ajustes na medicação.


O fuso horário


Também conhecido por “Jet lag”, a diferença de fuso-horário entre um lugar e outro pode resultar em sensações de cansaço, insônia, irritabilidade e incompatibilidade entre fome e os horários convencionais de refeições.

A melhor dica pra “calibrar” sobretudo as horas de sono é começar a adaptação quatro ou cinco dias antes de embarcar.


Eu recomendo tentar se aproximar o máximo possível do horário do destino. A conta básica é, se o horário do destino é de duas horas a mais, tente nos dias que antecedem a viagem, comer e dormir duas hora mais tarde.

Mas, e as bagagens?


Além do tamanho e peso que você deve verificar com a companhia aérea, uma dica legal (e que sempre faço) é identificar a mala com uma fita para que não se confunda com outras malas parecidas, e pode acreditar, isso acontece muito.



Plastificar a mala (protect bag) é uma excelente forma de evitar danos e outras coisas indesejáveis.

Enfim, confira sempre duas vezes os seus documentos, respeite o espaço dos outros passageiros, chegue ao aeroporto com horas de antecedência, desligue o celular antes da decolagem, relaxe e divirta-se. 


Quando estiver na Itália ou seja lá qual for o seu destino, me mande uma foto e diga se as dicas foram úteis. Pode fazer isso no instagram, me marque com @Silvano_Formentin que eu vou ficar bem feliz!


Ah, mais uma coisa: estude a língua do país onde você vai viajar pelo menos com 4 meses de antecedência. Sua viagem será muito mais proveitosa e mágica, pode acreditar! 


Arrivederci e buon viaggio! Silvano Formentin 


NUNCA MAIS PERCA UMA POSTAGEM!

Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades, além de dicas e aulas gratuitas!

Siga-me também nas redes sociais

  • Instagram

© 2019, Silvano Formentin

  • Ícone preto do Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Ícone preto do Instagram