• Silvano Formentin

Itália abre novamente as portas para brasileiros!

Você estava com saudades de retornar à Itália, ou então planejar a sua primeira viagem para o país da bota? Então, pode preparar as malas...

Mapa da Itália

Desde o dia 1º de março, entrou em vigor a recomendação da UE (União Europeia) para que os países membros revoguem as restrições de viagens para todos os turistas totalmente vacinados contra a COVID-19, ou então que se curaram da doença no últimos 180 dias.


Durante a pandemia, a Itália dividia os países em grupos que possuíam diferentes critérios de entrada no país. Agora, no entanto, as regras são iguais para todos! Isso significa que nós, brasileiros, estamos novamente liberados para visitar a Itália!


Essa é uma excelente notícia para você que estava desejando fazer uma viagem ao país da bota e teve seus planos interrompidos pela pandemia. Confira nesse artigo informações detalhadas sobre essas novas normas para ingressar no país, e tudo o que é necessário para embarcar sem problemas e curtir sua viagem!


Quais os critérios para viajar para a Itália?


O Ministro de Saúde da Itália, Roberto Speranza, informou que a partir do dia primeiro de março de 2022, as regras impostas para o ingresso de estrangeiros no país serão as mesmas do que as impostas para os visitantes de países membros da União Europeia.


Seringa com vacina da COVID

Sendo assim, para entrar na Itália, é preciso apresentar o certificado de vacinação ou de cura da COVID nos últimos 180 dias. Se por acaso você ainda não estiver totalmente vacinado, será necessário apresentar um teste negativo, feito em até 72 horas antes da partida. Se você já estiver vacinado com todas as doses ou curados da COVID, não será necessário apresentar teste negativo.


Atualmente, a Itália aceita as vacinas produzidas pelas seguintes empresas:

  • Pfizer/BioNTech;

  • Moderna;

  • Janssen;

  • Oxford/AstraZeneca;

  • Novavax;

De acordo com as regras da Uniao Europeia, todos os imunizantes aprovados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) também deverão ser aceitos. Dessa forma, serão inclusas também as vacinas da Sinovac (CoronaVac), da Sinopharm, da Bharat Biotech e a Covovax do Instituto Sérum.


Entretanto, como essas vacinas são diferentes das autorizadas pela Agência Europeia de Medicamentos, caso o turista tenha sido imunizado com eles, pode ser necessário apresentar testes antes da entrada, ou então realizar o isolamento ou quarentena.


Crianças e adolescentes de até 18 anos podem viajar desde que respeitem as mesmas regras: estando vacinados ou curados da COVID nos últimos 180 dias. Caso elas não se enquadrem nessas condições, poderão viajar com um teste PCR negativo realizado no mínimo 72 horas antes da partida.


Documentação necessária


Além do óbvio (como o passaporte) alguns outros documentos são necessários para embarcar e adentrar sem problemas na Itália. Você precisará do certificado de vacina, de cura, ou PCR com resultado negativo.

Homem segurando o certificado e vacinação

Para que o seu certificado de vacina seja aceito, é necessário que ele esteja escrito em inglês, espanhol, italiano, alemão ou francês. Ele também precisa conter seu nome completo e data de nascimento, bem como indicar nome e lote da vacina, juntamente com a data em que você recebeu as doses e os dados da instituição que emitiu o certificado.


Isso significa que o certificado emitido pelo Conecte SUS será aceito, em sua versão em inglês que pode ser acessada através do próprio aplicativo! Juntamente com isso, precisará preencher um formulário online, o PFL (Passenger Locator Form). Esse é um documento online que precisa ser preenchido antes do embarque! Acesse o formulário nesse link.


Somente na ausência dos certificados citados acima será necessário realizar o isolamento de 5 dias com a obrigação de realizar teste molecular ou antígeno ao final desse período.


Então... Partiu viajar para a Itália?

Imagem de um passaporte na cidade de Veneza

Depois de 2 anos com as portas fechadas para os turistas, a Itália finalmente está permitindo a entrada de visitantes de fora da União Europeia. Essa medida foi tomada frente as boas noticias referentes a pandemia!


Segundo dados recentes. aproximadamente 79% da população italiana está totalmente vacinada! Além disso, o número de casos de COVID estão caindo desde a segunda quinzena de janeiro.


Mesmo com isso, é claro que as medidas básicas de segurança seguem sendo tomadas e é importante respeitá-las, para a sua segurança e a dos demais. Isso incluiu usar máscara, evitar aglomerações e respeitar as indicações de distanciamento - além, é claro, de sempre manter a higiene e utilizar o famoso álcool em gel.


Aos poucos, o mundo vai retornando à normalidade, e é emocionante saber que o acesso a esse país tão rico cultural e historicamente está permitido novamente, não é mesmo? Me conte nos comentários se você pretende visitar a Itália ainda esse ano!


Lembre-se também de registrar o seu e-mail no campo logo abaixo do artigo. Dessa forma, você será notificado quando um novo post surgir por aqui, e ficará sempre por dentro das novidades envolvendo esse país que tanto amamos: a Itália!


Nos vemos no próximo artigo! Arrivederci!



1.688 visualizações12 comentários

Posts recentes

Ver tudo