• Silvano Formentin

O quarto secreto de Michelangelo

Michelangelo tem uma história muito particular e curiosa com a Basílica di San Lorenzo, em Florença!

Basílica de São Lourenço em Florença

Os grandes monumentos italianos estão repletos de histórias interessantes, não é mesmo? Afinal, foram anos de construção e diversas pessoas envolvidas na elaboração desses verdadeiros tesouros arquitetônicos e históricos!


Um grande artista que se envolveu em vários projetos grandiosos foi Michelangelo. Entre diversas obras famosas, ele também foi o responsável pela Nova Sacristia, um espaço belíssimo que abriga diversos túmulos dos membros da família Médici na Basílica di San Lorenzo, em Florença.


Mas, a relação de Michelangelo com a Basílica não termina aí: ele também é o protagonista de uma história muito curiosa, pois viveu em um quarto secreto na igreja durante alguns meses! É essa curiosidade incrível que eu vou te contar agora!


O esconderijo de um artista


Tudo começou na Florença do ano 1527, quando uma revolta popular forçou o exílio dos governantes da família Médici, que tinham sido patrocinadores do trabalho de Michelangelo até então.


Michelangelo nessa situação mudou de lado, alinhando-se aos florentinos e se posicionando contra a família Médici. Por isso, quando os Médici voltaram ao poder, o artista, com medo, resolveu procurar abrigo no quarto da capela.


Esse quarto, acessível somente por um alçapão e uma escada estreita, contava apenas com uma pequeníssima janela, por onde entravam alguns raios de sol.


É claro que um gênio como Michelangelo não passaria dois meses escondido em um cômodo sem fazer nada. Não é mesmo?


Pois bem, ele deixou as paredes repletas de diversos desenhos belíssimos feitos com carvão e giz!


A descoberta do quarto


Cômodo da Basílica di San Lorenzo

Em 1975, Paolo Dal Poggetto, o então diretor do Museu das Capelas dos Médici, encontrou, por acaso, este tesouro. Enquanto procuravam um novo percurso para o museu, Poggetto e seus colegas descobriram um alçapão escondido debaixo de um armário perto da Sacristia Nova. Embaixo do alçapão, degraus de pedra levavam a uma sala secreta.


Ao serem descobertas, as paredes do quarto estavam cobertas de gesso. Foram necessárias algumas semanas de remoção da argamassa e de uma cuidadosa limpeza para serem revelados dezenas de desenhos.


Mas, se Michelangelo não assinou esses desenhos, como eles podem ser atribuídos a ele?


Bom, para isso, basta fazer uma comparação dos desenhos com algumas das obras atribuídas ao artista. Um dos desenhos expostos em uma das paredes do quarto é um esboço de pernas sem corpo em diferentes posições.


Ao compararmos estes esboços com a estátua de Giuliano de Médici, produzida pelo artista e que está localizada sobre o túmulo do governante, na própria Nova Sacristia, não se tem mais dúvida: o desenho é de Michelangelo!


Visitação

Visitante no quarto de Michelangelo

A intenção da diretoria do Museu é abrir a sala para o público, mas, por enquanto, ela só foi aberta para algumas breves visitações de guias turísticos credenciados e autoridades.


Assim como eu, tenho certeza que você também vai torcer para que esse quarto secreto se torne aberto à visitações para o público em geral, não é mesmo?


Afinal, qualquer obra do gênio Michelangelo vale a pena ser admirada!


Me conte nos comentários se você já sabia dessa história, e se ficou com vontade de visitar esse lugar impressionante! Vou adorar saber a sua opinião!


Não esqueça também de deixar o seu e-mail registrado no campo abaixo do artigo, para que eu possa te avisar cada vez que uma novidade surgir aqui no blog!


Arrivederci!


629 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo