• Silvano Formentin

É preciso escolher ser feliz hoje!

A escolha é sua, mas quero te mostrar como essa decisão mudou minha vida!

Eu recebo muitos comentários diariamente em minhas redes sociais, muitos deles é sobre um sonho: o sonho de aprender italiano.


As pessoas costumam me contar que durante anos sonharam em aprender italiano, mas nunca persistiram em alcançar seu sonho e tem medo de agora a idade ser um impeditivo para isso.


Se você me acompanha a algum tempo (se você ainda não me segue, clica aqui), já sabe muito bem que a idade não impede ninguém de aprender um novo idioma. O aprendizado de um novo idioma auxilia na prevenção do envelhecimento e ajuda a desenvolver novas conexões entre os neurônios, melhorando o funcionamento cerebral.


A idade pode nos impedir de realizar poucos sonhos, nenhum deles ligado ao aprendizado.

Devido a idade e ao desgaste natural que nosso corpo enfrenta, pode ser mais difícil, mas não impossível ser um corredor de grandes distâncias ou um alpinista. Mas a idade não nos impede de aprender um idioma, ou mesmo usar um smartphone, um computador, e fazer um curso pela internet.


Tenho alunos de muitas idades, muitos acima de 60 ou 70 anos. Mas se pudessem escolher, acredito que muitos deles teriam começado a estudar antes. Eles teriam priorizado seus sonhos de maneira mais consciente. Ainda assim, quem começa a estudar uma língua depois dos 70 anos também é uma pessoa muito admirável.


E digo isso porque muitas vezes nos deixamos levar por aquilo que a sociedade espera que façamos, os sonhos tradicionais que nos são impostos. Vamos aceitando e sem perceber deixamos nossos sonhos de lado.


Quando paramos para refletir, nos vemos muito distantes dos sonhos que tínhamos quando éramos mais jovens. Mas nunca é tarde para começar.

E para que isso aconteça, precisamos analisar alguns pontos com muita clareza:


1. O sonho

Algumas pessoas não precisarão refletir por muito tempo para saberem o que desejam, mas se você pensar por alguns minutos, ou horas não tem problema. O importante é não adiar a reflexão e conquistar o seu objetivo.


Depois que você tiver clareza de seu sonho, pense em uma forma de mantê-lo presente em seu dia a dia.


Você pode escrever um papel e colar na parede do seu quarto, ter um chaveiro simbólico ou ainda um objeto que você veja diariamente e tenha uma conexão com seu objetivo.

Esse será seu amuleto.


2. O plano

Trace um plano para alcançar seu objetivo, detalhando suas ações. O ideal é que você escreva suas metas, indicando quando você pretende completar seu objetivo, o que você precisa aprender, como fará para estudar e qual horário do seu dia vai separar para se dedicar ao seu sonho.



Os americanos costumam sempre escrever em um papel aquilo que querem fazer ou conquistar. É uma técnica que realmente funciona. Depois que você escreve, parece que aquilo fica te cobrando e que enquanto você não fizer, causa uma sensação de desconforto. Eu já fiz esse teste e comigo deu certo.


3. Mãos à obra

Com objetivos e planos feitos, é hora de fazer tudo funcionar!

Chegou o momento de ter uma atitude decisiva: dar um primeiro passo! Pois de nada adianta sonhos e planos, sem ação.


E é aqui que muitas pessoas desistem.

Elas ficam com medo de serem julgadas pela família ou pelos amigos, elas ficam com medo de não conseguirem.


Lembre-se: VOCÊ É CAPAZ! Não importa o que os outros digam, siga seu coração!

O primeiro passo é o que nos dá mais medo, estamos entrando em um mundo desconhecido.

Pela minha história, recebo algumas mensagens de pessoas que me perguntam se elas deviam seguir seus sonhos e minha resposta sempre foi e vai continuar sendo: SIM!


A minha família é de origem italiana e desde criança eu tinha o sonho de conhecer a Itália. Em 2006, tomei a decisão de largar minha estabilidade de servidor público e ir para Itália realizar meu sonho.


Estudei um pouco de italiano e em 2007 eu chegava em Turim. Mas como meu tempo de estudo não foi suficiente e a maneira como eu estudei era errada, eu não consegui emprego nos 3 meses, tempo que eu tinha para voltar ao Brasil se as coisas dessem errado.


O dia da minha volta chegou, e eu entrei em desespero. Sem dinheiro e sem emprego, eu me alimentei em uma igreja onde os padres davam refeições.


E agora você deve estar se perguntando porque eu ainda motivo as pessoas a seguirem seus sonhos.


Realizar meu sonho não foi uma tarefa fácil, pois eu deveria ter um plano melhor para alcançá-lo. Mas essa busca me fez aprender italiano, trabalhar na Itália e na Alemanha, conhecer lugares lindos e ainda chegar até aqui, espalhando a língua e a cultura italiana por todo Brasil, e mundo.


E foi durante este processo de ir atrás do meu sonho que eu fui me descobrindo e hoje me sinto muito realizado. Imagino que se eu tivesse me contentado com meu emprego, hoje eu estaria pensando: por que não fui fazer do meu sonho uma realidade?


Neste processo para realizar seu sonho você vai descobrir uma coisa:

A felicidade não está na conclusão, mas sim no caminho que percorremos para alcançar nossos sonhos.


Realizar o seu vai lhe trazer grande felicidade, mas lembre-se dos pequenos momentos felizes, dos pequenos passos que você deu, do quanto você evoluiu.



Como comentei anteriormente muitas pessoas me relatam ter o sonho de falar italiano. Mas cada pessoa é única, muitas vezes aprender o idioma é apenas um dos passos para poder morar na Itália, como no meu caso.


E seu sonho pode ser muito diferente disso.

Você pode sonhar em conhecer a Austrália, ter um diploma universitário, montar uma pequena produção de bolos na sua casa, cantar em um coral ou mesmo aprender a fazer crochê ou origami.


Uma coisa existirá em comum entre cada sonho: o aprendizado. Indiferente do que você sonha, é preciso passar por um momento de dedicação e estudo.


Quando pensamos em colocar a mão na massa e fazer o plano dar certo, surgem algumas dúvidas e ficamos indecisos em qual caminho seguir. E foi conversando com uma amiga que cheguei a uma frase que levo sempre comigo:


“Nós somos maiores que qualquer obstáculo

Percebi com a ajuda da Marcela que as objeções que temos em relação a algo novo podem ser apenas suposições, e cabe a cada um encontrar uma solução e ter a certeza que somos capazes!


Nosso cérebro é preguiçoso e vai nos incentivar a encontrar algumas desculpas para nos manter na zona de conforto.

Mas seja mais forte, encontre a solução e faça seu cérebro entender que seu sonho é uma prioridade e você não abrirá mão dele.


Já contei a história da minha amiga Marcela aqui no blog. Se você não leu pode CLICAR AQUI para entender como foi participar do processo dela para superar as barreiras que ela estava criando para chegar ao seu objetivo.


Me conte nos comentários qual seu sonho e qual a maior barreira que você vai superar para realizá-lo!

721 visualizações1 comentário

NUNCA MAIS PERCA UMA POSTAGEM!

Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades, além de dicas e aulas gratuitas!

Siga-me também nas redes sociais

  • Instagram

© 2019, Silvano Formentin

  • Ícone preto do Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Ícone preto do Instagram