• Silvano Formentin

Comportamentos para evitar quando estiver na Itália

Aprenda algumas coisas que os brasileiros consideram normais, mas que são verdadeiras gafes para os italianos!


Nós brasileiros sempre nos sentimos muito próximos dos italianos – e de fato somos! Em muitas famílias do Brasil os costumes são cultivados e a tradição é muito presente. Mas isso não quer dizer que a Itália não tenha suas peculiaridades e que alguns dos nossos costumes mais básicos não possam ser malvistos por lá!


Pensando nisso, eu trouxe neste artigo algumas coisas que você deve evitar fazer quando estiver na Itália, para não irritar um italiano ou até mesmo desrespeitar a sua cultura.

quebrando espaguete

Começando pelas refeições. Os italianos consideram comer um ato muito especial, e são defensores da boa comida, preparada com respeito aos ingredientes e fieis às receitas que já ultrapassam gerações.


Por isso, ao fazer uma refeição em um restaurante, pedir ao garçom que o cozinheiro substitua ou acrescente ingredientes ao seu prato é considerado muito deselegante. Para eles, respeitar a autenticidade e o conhecimento do cozinheiro é essencial, e isso inclui não mexer em suas receitas! Se você não come algum ingrediente que está na descrição do prato, é melhor que escolha outra opção.


Pelo mesmo fato de respeitar a boa gastronomia e ter muito orgulho dos pratos famosos do seu país, os italianos odeiam quando alguém mistura diferentes tipos de comida. Para eles, um bom risoto e uma boa carne, por exemplo, devem ser apreciados um por vez, e não devem dividir o prato com massas ou saladas - hábito corriqueiro para nós brasileiros.


A única exceção aqui é o pãozinho que quase sempre vem acompanhando os pratos principais. Ele serve para você comer com o molho que sobra no prato, dessa forma aproveitando a refeição em sua totalidade. Essa ação tem até nome: fare la scarpetta! Já escrevi um artigo aqui no blog onde dou algumas dicas de etiqueta e entre elas está o costume italiano de fare la scarpetta, você pode ler o artigo completo clicando aqui.


Já é do conhecimento de quase todo o mundo que partir a massa, seja quebrando o spaguetti antes do preparo, ou cortando com a faca na mesa, é quase um crime na Itália! E se você pensa que comer a massa com a ajuda da colher é elegante, está enganado! Para os italianos, o certo mesmo é você se virar usando apenas o garfo. Colher, apenas para as sopas!

scarpetta

Outra coisa que soa como ofensa para os cidadãos italianos é colocar ketchup e outros condimentos na pizza ou no macarrão. Além disso, cuidado ao adicionar queijo na sua comida: ele é muito bem-vindo nas massas e lasanhas, menos quando essas são preparadas com peixes ou frutos do mar.


A hora da refeição é sagrada, portanto, nada de comer enquanto caminha ou ficar no celular enquanto come! Isso, além de não ser saudável, é considerado extremamente rude na Itália. No máximo, aprecie um gelato enquanto passeia pelas ruas.


Ainda na parte de alimentação, fique atento ao pedir aquele cafézinho para finalizar as refeições. Na Itália, o cappuccino é muito famoso, mas ele não é algo que se pede ao fim de um almoço, por exemplo. É melhor pedir um espresso se quiser evitar um olhar desagradável do garçom. O cappucino, mesmo sendo um clássico do país, é mais consumido no café da manhã.

café italiano

Outra coisa que irrita muito os italianos, são turistas que sentam nas mesas dos bares e cafeterias sem a intenção de consumir alguma coisa. Se você deseja apenas descansar entre os passeios, procure outro lugar para sentar. Mesmo que as mesas estejam vazias, é muito provável que você seja expulso sem delicadeza alguma, se não pedir, ao menos, uma água ou um café.


Além disso, o preço das coisas consumidas nas mesas difere muito das que você consome no balcão. Um simples cafezinho pode custar mais do que o dobro se você escolher saboreá-lo sentado em uma mesa. É bom sempre estar atento a isso para não levar nenhum susto na hora de pagar! Lembre-se também que a gorjeta não é obrigatória, mas se você quiser pode deixar uma quantia em cima da mesa na hora de ir embora.


Um erro muito comum dos turistas, ou dos que ainda estão se adaptando à língua italiana é o de falar a palavra “Ciao” para todo mundo. Fique atento: não é muito educado saudar dessa forma alguém com quem você não tem intimidade. É mais respeitoso usar os termos “buongiorno” ou “buonasera” ao falar com um desconhecido em italiano.

placa no Vaticano

Por ser um país com muitos lugares históricos e sagrados, a Itália possui regras de etiqueta que precisam ser seguidas à risca pelos visitantes. Você não pode entrar nas igrejas e catedrais, por exemplo, usando roupas curtas, decotes muito acentuados, com os ombros à mostra, etc.


Também é muito importante respeitar os avisos e não fotografar em locais onde isso não é permitido. Os guardas e fiscais vão chamar a atenção de pessoas que insistirem nesse comportamento.


Claro que, sabendo falar italiano e compreendendo todos os sinais e placas de aviso, as chances de você passar por alguma situação desagradável assim são mínimas. Depois de ler esse artigo, então, você já está mais preparado ainda para viajar à Itália e não passar vergonha com alguns dos nossos costumes que os italianos acham estranhos.


Se você viajar a Itália agora, além de não fazer feio nos restaurantes, vai saber compreender as placas e ficar a par de todas as regras? Me conte nos comentários!


Para saber mais sobre cultura italiana e engrandecer ainda mais a sua viagem, não esqueça de cadastrar seu e-mail no campo abaixo desse artigo, para que você não perca nenhuma novidade do blog!


Arrivederci!



1,055 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo