• Silvano Formentin

Os 3 alimentos italianos mais imitados no exterior

Italian Sounding e a discussão em defesa dos produtos autênticos


A culinária italiana é conhecida como uma das gastronomias mais famosas e saborosas do mundo, possuindo pratos com uma extensa variedade de ingredientes e receitas.


Aqui no Brasil estamos acostumados a ver uma grande diversidade de produtos conhecidos como “italianos” nas prateleiras dos supermercados, sempre cheios de símbolos, cores e termos que nos remetem ao Bel Paese. Mas será que de fato estamos consumindo produtos de origem italiana?

A imitação de produtos italianos é algo tão preocupante que os italianos possuem até um termo para chamar essas imitações que tentam se passar por produtos originados lá: italian sounding.


O site Authentico é composto por um time de diferentes profissionais que defendem com paixão a excelência da comida italiana e ajudam os consumidores de todo o mundo a reconhecer produtos autênticos, combatendo assim as imitações.


É nítido que muitas pessoas ao redor do mundo amam os produtos italianos, mas não o conhecem realmente, o que acaba sendo explorado por produtores estrangeiros que usam um apelo cultural pra comercializar seus produtos, frutos de imitação.


Os nomes de cidades e regiões italianas, assim como imagens e as cores que evocam a Itália são frequentemente utilizadas para promover produtos que, por outro lado, não possuem ingredientes que são de fato atribuíveis ao Bel Paese.

Esse é um fenômeno cada vez mais disseminado no mundo e difícil de se limitar que aconteça. Já escrevi um artigo no blog sobre algumas das mais famosas receitas italianas e que são bastante conhecidas e copiadas aqui no Brasil, você pode ler o artigo clicando aqui.


O site Authentico relata que entre as comidas italianas mais copiadas estão os queijos, os salames, o azeite extravirgem e algumas frutas e vegetais frescos, como o tomate San Marzano.


Se você ficou com curiosidade de saber quais são alguns desses produtos, a classificação dos três alimentos mais imitados é a seguinte:

3) Prosecco

Vinho branco feito de uvas Glera, com um aroma floral e frutado e um sabor fresco e leve. É produzido exclusivamente na região nordeste da Itália, nas províncias do Veneto e Friuli Venezia Giulia.


O Prosecco é um dos vinhos italianos mais apreciados no exterior e é também o mais exportado. Devido ao seu enorme sucesso, aparece nessa lista como um dos produtos mais copiados!


2) Mozzarella di bufala

Macia, suculenta, com uma crosta fina e feita apenas com leite de búfala fresco da região da Campania e de algumas áreas do Lazio, da Puglia e de Molise. A sensação e o sabor são inconfundíveis, mas está em segundo lugar na lista de produtos mais imitados no exterior.


1) Parmigiano Reggiano

O campeão em imitações! Queijo com longo período de maturação e produzido totalmente sem aditivos: mesmo os de origem natural são proibidos! A alimentação das vacas é feita exclusivamente de feno e capim, diferentemente do que ocorre para a produção de outros tipos de queijo.


A produção pode ser feita somente nas províncias de Parma, Reggio Emilia e Modena, e em uma pequena parte das províncias de Mantova e Bologna, entretanto, aparece em primeiro lugar na lista de alimentos mais copiados no mundo! Aqui no Brasil, por exemplo, trata-se do parmesão!


Outros alimentos italianos que também estão na lista de produtos mais imitados são os queijos Pecorino, Gorgonzola, Grana Padano e Asiago, o presunto San Daniele, o vinho Chianti e o Salame.


Nas prateleiras brasileiras e de diversos outros países é possível encontrar as mais variadas imitações desses produtos tipicamente italianos, o que incomoda os amantes da comida italiana, que consideram essas cópias uma fraude.


Não se trata apenas de utilizar as mesmas matérias-primas para produzir determinado alimento, o que garante que ele será autêntico é também o local de origem dos produtos e a técnica utilizada no processo de produção, que deve acontecer em cidades ou regiões específicas da Itália.

O projeto Authentico defende que os amantes da cozinha italiana merecem alimentos autênticos e considera que as imitações são inclusive uma forma de concorrência desleal contra empresas italianas que produzem e exportam seus próprios produtos, feitos exclusivamente de acordo com a verdadeira tradição italiana.


Para eles, essas empresas perdem importantes participações no mercado estrangeiro graças aos produtos italian sounding e por isso defendem que é fundamental sensibilizar e conscientizar os consumidores sobre o que estão comprando e colocando à mesa.


Outra preocupação é que ao consumir produtos que não são legítimos o consumidor pode ficar decepcionado com o sabor do alimento e não ter suas expectativas atendidas, sem saber que na realidade adquiriu um produto que não é autêntico, o que pode comprometer a reputação de excelência de verdadeiros produtos Made in Italy.


Pensando nisso, o projeto Authentico desenvolveu um aplicativo para ajudar na identificação de produtos autenticamente italianos e locais onde eles podem ser encontrados no exterior, para que o consumidor possa sempre fazer a escolha certa e consciente.

Ficou com água na boca depois desse artigo? Aproveite para conferir meu artigo com a receita da famosa Carbonara, clique aqui para ler!


Espero que você tenha gostado de saber essas informações e curiosidades sobre a culinária italiana e também sobre o projeto que visa proteger os produtos autenticamente italianos.


Deixe seu e-mail no campo logo abaixo do artigo e não perca as novas postagens do blog! Você receberá novidades e conteúdos gratuitos semanalmente!


Me conte nos comentários o que mais te atrai no país da bota e se existe alguma curiosidade ou assunto que você gostaria de saber mais a respeito aqui no blog, eu adoraria receber as suas sugestões para os próximos artigos!


Arrivederci!

221 visualizações4 comentários

NUNCA MAIS PERCA UMA POSTAGEM!

Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades, além de dicas e aulas gratuitas!

Siga-me também nas redes sociais

  • Instagram

© 2019, Silvano Formentin

  • Ícone preto do Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Ícone preto do Instagram