• Silvano Formentin

Principais feriados e festividades na Itália

Conheça os principais feriados italianos e suas origens


Cada país desenvolve uma cultura própria, e com ela suas festividades e feriados. Algumas comemorações são locais, mas existem muitas que são comemoradas pelo país todo; e nas minhas pesquisas sobre os números da Itália, o calendário não ficou de fora!

Hoje decidi compartilhar com você, que é apaixonado pela cultura italiana, quais são as datas mais comemoradas pela Itália, um pouco da sua origem e como os italianos costumam festejá-las. E se você sonha em conhecer a Itália, é bom conhecer seus principais feriados e festividades. Assim você não é pego de surpresa com locais fechados, e se preferir, ainda pode comemorar como os italianos fazem.

Vamos ao nosso calendário festivo!

Assim como no Brasil, começamos o ano com um feriado. Dia 1º de janeiro também é feriado nacional na Itália, para repor as energias gastas dia 31 de dezembro.

No Brasil, costumamos brincar que o ano começa depois do carnaval, mas na Itália existe um ditado popular que ano começa depois do dia 06 de janeiro, dia da Epifania.

O ditado popular diz:

L’Epifania tutte le feste porta via. (A Epifania leva embora todas as festas).

A Epifania, ou dia de Reis é cada vez mais comemorado na Itália de forma comercial como o dia da Befana. As comemorações acabaram se misturando, pois segundo a lenda, a bruxa Befana teria se negado a acompanhar os reis magos quando eles buscavam o caminho para Belém, para encontrar o menino Jesus.


Arrependida, a bruxa leva doces para as crianças na madrugada do dia seis, tentando encontrar o menino Jesus. Befana deixa doces para as crianças que se comportam e carvão para as malcriadas. Lembrando que esta é uma tradição italiana, não uma versão do halloween.

Fora das celebrações comerciais, o dia da Epifania é celebrado com procissões em toda Itália, destacando-se a de Florença, onde três homens percorrem a cidade a cavalo para levar os presentes ao menino Jesus.

No Brasil a data não é feriado, sendo considerada como dia para desmontar a árvore de natal.


Em fevereiro, o tradicional Carnaval costuma dar alguns dias de alegria para os foliões. Apesar de não ser considerado feriado em toda Itália, algumas cidades tem seus dias alterados pelas festividades e fantasias.

Clique aqui para conhecer mais do carnaval de Veneza e como costuma ser o calendário da cidade nos dias de folia.


Em abril os italianos comemoram a Páscoa, com uma diferença do Brasil. No Brasil, a sexta-feira anterior à páscoa (sexta-feira santa) é feriado, mas na Itália trabalha-se normalmente neste dia.

Então na segunda-feira após a páscoa comemora-se a Pasquetta, conhecida também como Lunedi dell’Angelo, data introduzida após a segunda guerra para prolongar as comemorações pascais. A data celebra a aparição do anjo para mulheres que visitavam o sepulcro de Jesus, anunciando sua ressureição.

Com o fim da quaresma, os italianos costumam cozinhar pratos mais requintados para páscoa, como o cordeiro. As sobras do dia de páscoa costumam ser deliciadas em piqueniques durante a Pasquetta, juntamente com outros pratos típicos de cada cidade. O feriado que costuma ser comemorado com a família ou amigos nos parques e praças, foi alterado este ano devido as restrições impostas pela covid-19.

No dia 25 de abril é comemorada a Libertação italiana, dia escolhido como símbolo da expulsão dos soldados nazifascistas do solo italiano em 1945, durante a segunda guerra mundial. Neste dia os cidadãos costumam se reunir nas praças italianas com bandeiras e canções para comemorar a força da resistência italiana.

Em 2020, devido ao isolamento social do coronavírus, a ANPI (Associazione Nazionale Partigiani d'Italia) convidou todos para festejarem este dia em suas casas com a campanha #bellaciaoinognicasa. Na data, o presidente italiano Mattarella depositou uma coroa de flores no túmulo do Soldado desconhecido no Altar da Pátria.


Eu escrevi um artigo especial falando sobre este feriado e sua história.

Clique aqui para ler o artigo O dia que se comemora a força da resistência italiana.


O dia 25 de abril teve seus desdobramentos e consequências. A libertação da Itália fez com que no ano posterior, em 02 de junho de 1946 acontecesse um referendo nacional. O referendo deu fim à monarquia, tornando a Itália uma república. Assim dia 02 de junho é comemorado o feriado da República Italiana.

Quase 90% dos italianos participaram do referendo, que deu fim a 85 anos de monarquia e 20 anos de regime fascista no país com 54% dos votos.

Em 28 de junho do mesmo ano a assembleia constituinte elegeu o primeiro presidente da república italiana, Enrico de Nicola, que assumiu o poder em julho. A constituição da República Italiana foi aprovada em dezembro de 1947, entrando em vigor em 1º de janeiro de 1948.

Anualmente nesta data, às 9 horas o Presidente da república coloca uma coroa de louros no Altar da Pátria em homenagem ao Ignoto Milite (soldado desconhecido). O túmulo do soldado desconhecido está localizado em Roma no Altare della Patria (Monumento à Vittorio Emanuele II) e é uma homenagem aos soldados italianos mortos ou desaparecidos durante a guerra.

A homenagem é seguida por um desfile militar na Via dei Fori Imperiali com a presença da Frecce tricolori, espécie de esquadrão da fumaça italiana, que fazem acrobacias e soltam pelo céu fumaça com as cores da bandeira italiana.

O feriado da República Italiana, que acontece na próxima terça-feira, 2 de junho, terá alterações devido as restrições sociais. A expectativa é que homenagem ao soldado desconhecido será mantida, diferente do dia 25 de abril, o presidente deve estar acompanhado de alguns membros de altos cargos, mantendo as regras de segurança do covid-19. O encerramento da cerimônia será feito pela Frecce tricolori como de costume, não sendo feito o desfile militar.

Em 2020 muitas festividades foram afetadas pelo isolamento social que a covid-19 causou, assim como o feriado da República italiana. Mas no início de junho teremos outro passo na retomada das atividades. E esse 2 de junho será marcado pela reabertura da maior exposição já feita sobre o artista Renascentista Rafael Sanzio, que lembra os 500 anos da morte do artista.

A exposição, que acontece na Scuderie del Quirinale, foi aberta em 5 de março, tendo previsão de término no dia 2 de junho. Assim sendo adiada até 30 de agosto para que, dentro das normas de segurança, as pessoas possam conhecer as obras deste artista tão importante na história italiana.

Alguns feriados já foram impactados pelas mudanças que o coronavírus causou, mas ainda teremos algumas festividades até que o ano se encerre. Os próximos feriados serão mostrados como costumam acontecer na Itália anualmente, mas é possível que algumas festividades ainda sejam impactadas pelas normas de segurança para conter a transmissão do vírus.

Se você pretende conhecer a Itália no mês de agosto, é bom se preparar, é possível que você encontre uma Itália diferente da esperada com o feriado de Ferragosto.

O Feriado foi instituído em 18 a.C. pelo imperador Otávio Augusto. O termo do latim Feriae Augusti significa descanso de Augusto, era inicialmente comemorado dia 1º de agosto e sua proposta era descansar após as colheitas de julho. Durante o feriado aconteciam banquetes, corridas de cavalo e os trabalhadores podiam se divertir e descansar, também sendo utilizado como propaganda política do imperador. Mas normalmente as festividades duravam até duas semanas.

A festividade pagã foi assimilada pela igreja católica por volta do século VII, que a alterou para o dia 15 de agosto, coincidindo com a Assunção de Maria.

Assim o feriado, agora católico, leva um pouco da sua essência pagã de descanso e diversão. Principalmente durante a semana do dia 15 muitos restaurantes, lojas e até atrações costumam fechar, então é bom pesquisar bem para não encontrar nada fechado, ou lotado.

Nas cidades menores é raro ter estabelecimentos abertos, sendo as cidades maiores menos impactadas pelo feriado. Mas você deve estar se perguntando, o que os italianos fazem então?

Devido ao verão no hemisfério norte, muitos italianos estão de férias, aproveitando a época festiva para irem para praia. Então se o seu roteiro de viagem inclui alguma região com praia, prepare-se para competir por um local na areia e possivelmente com preços elevados, devido ao grande número de pessoas competindo pelos raios de sol e momentos de descanso.

A data de 08 de dezembro é uma das mais simbólicas para a igreja católica, mesmo sendo um país laico, a religião católica é muito forte e neste dia comemora-se o dia da Imaculada Conceição como feriado nacional.

Segundo o catolicismo, após a desobediência de Adão e Eva, todos os seus descendentes nascem com o pecado original. Mas em 1854, após muitos debates e votações, em sua bula Ineffabilis Deus, o Papa Pio IX institui o segundo dogma católico.

O dogma diz que desde sua concepção, a Virgem Maria não possui o pecado inicial como os demais descendentes de Eva e Adão. Sendo protegida por Deus e coberta pela graça divina, a Virgem teve uma vida livre de pecados, só assim sendo possível que seu ventre carregasse Jesus.

Neste dia o Papa costuma ir até a Piazza Spagna, onde está a Coluna da Imaculada Conceição e realiza uma cerimônia, normalmente às 16 horas. O feriado anuncia a chegada do Natal, sendo dia que os italianos montam a árvore de Natal e o Presépio. A árvore costuma ser desmontada no dia da Epifania, 6 de janeiro.

Em dezembro os italianos comemoram o Natal e no dia seguinte, 26 de dezembro costuma-se celebrar o dia de Santo Estevão, primeiro mártir do cristianismo. Segundo o Novo Testamento em 36 D.C. Estevão foi acusado de blasfêmia e condenado ao apedrejamento, sendo o primeiro cristão a morrer pela sua fé. Em algumas cidades maiores o dia é de funcionamento normal das lojas e atrações.

Além destes, na Itália os dias de 1º de maio e 1º de novembro também são feriados, sendo comemorado o dia dos trabalhadores e o dia de todos os Santos, respectivamente. E também os feriados locais, assim é aconselhável fazer uma pesquisa mais detalhada para não ter surpresas com seu roteiro de viagem.

Me conte nos comentários qual destes feriados você gostaria de estar na Itália, aproveitando como os italianos costumam fazer.

NUNCA MAIS PERCA UMA POSTAGEM!

Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades, além de dicas e aulas gratuitas!

Siga-me também nas redes sociais

  • Instagram

© 2019, Silvano Formentin

  • Ícone preto do Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Ícone preto do Instagram