top of page
  • Silvano Formentin

Desvendando Nápoles, Itália: Fé, Ruínas, Vida Subterrânea e Histórias que se conectam com à sua


Nápoles, situada no sul da Itália, tem mais de 2.800 anos de histórias, curiosidades, segredos e peculiaridades que poucos sabem.


Foi fundada pelos gregos, conquistada pelos romanos e passou por diversas transformações ao longo dos séculos.



É a terceira cidade mais populosa do país, reconhecida como Patrimônio Cultural pela UNESCO, atraí pessoas do mundo inteiro onde se destaca por suas belezas naturais e atrativos turísticos, e o motivo você entenderá ao longo do texto.


Bem-vindo e boa leitura!



Nápoles: Começando pelo começo


Nápoles é uma cidade com uma rica história e uma série de influências culturais. Fundada pelos gregos no século VIII a.C. e, posteriormente, conquistada pelos romanos em 326 a.C.


Essa herança grega e romana ainda pode ser vista nos vestígios arqueológicos espalhados pela cidade, como o Teatro Antigo e as ruínas de Pompeia e Herculano nas proximidades.


Ao longo dos séculos, Nápoles esteve sob o domínio de várias civilizações, incluindo visigodos (povo germânico que governou partes da Europa), bizantinos (a continuação do Império Romano do Oriente), normandos (povo de origem escandinava da atual França), angevinos (dinastia francesa), aragoneses (do Reino de Aragão, Espanha) e bourbonos.


A dinastia dos bourbonos, originária da França, assumiu o controle de Nápoles no século XVIII, após a Guerra de Sucessão Espanhola.


A chegada dos bourbonos marcou uma nova era em Nápoles, trazendo consigo grandes reformas urbanas, modernização da infraestrutura e desenvolvimento econômico.


Esses grupos diversos são testemunhos de momentos únicos na história de Nápoles e tiveram um papel crucial na formação da identidade cultural da cidade.


Cada um deixou suas marcas na arquitetura, tradições e costumes, criando uma mescla rica de influências ao longo dos séculos. O resultado é uma cidade autêntica, marcada pela resiliência e pela capacidade de se adaptar ao longo do tempo.


Se você é descendente de italianos, essas histórias também fazem parte de você.



É provável que sua família tenha vindo de Nápoles ou de alguma região próxima


Um grande grupo de imigrantes provenientes de Nápoles, na Itália, decidiu deixar sua terra natal em busca de novas oportunidades e uma vida melhor. Muitas dessas pessoas escolheram como destino a cidade de São Paulo, assim como outras regiões do Brasil.


A imigração para o Brasil ocorreu principalmente entre o final do século XIX e o início do século XX, período em que o país recebia um grande número de estrangeiros em busca de trabalho e melhores condições de vida.


Os imigrantes napolitanos contribuíram para a formação cultural e econômica de várias partes do Brasil, trazendo consigo seus costumes, tradições e conhecimentos.


A imigração teve um impacto significativo na sociedade brasileira, enriquecendo a diversidade cultural do país e contribuindo para o desenvolvimento de diversas áreas, como a gastronomia, tradições, costumes e o próprio idioma italiano.



Se você aprecia um bom café espresso pela manhã, pede uma autêntica pizza napolitana ou não pode deixar de ter massas em seu almoço de domingo, saiba que essas influências são reflexos da imigração ocorrida nesse período, assim como a arquitetura, tradições religiosas e a forma de se relacionar com a família e a comunidade.



O que fazer em Nápoles, Itália


Nápoles é sem dúvida uma cidade de encantos sem igual, um verdadeiro tesouro a ser explorado. É impossível não se apaixonar pelas ruas repletas de história, a deliciosa gastronomia e paisagens de tirar o fôlego.


Nesta lista, selecionei os pontos imperdíveis que você precisa conhecer:

  • Explore o centro histórico

O centro histórico de Nápoles, considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO, é uma verdadeira joia. Percorra as ruas estreitas e vibrantes, visite as igrejas históricas e desfrute da atmosfera autêntica do local.


  • Via San Gregorio Armeno

Essa rua é famosa por suas lojas de presépios artesanais. Maravilhe-se com a habilidade dos artesãos locais e escolha uma peça única como lembrança.


  • Inaugurado em 1737, o Teatro San Carlo é o mais antigo da Europa e um dos mais prestigiados do mundo. Se possível, assista a uma apresentação para vivenciar a magia da ópera em um ambiente histórico.


  • Capela Sansevero: Esta capela do século XVIII é conhecida por abrigar esculturas impressionantes, como o famoso "Cristo Velato" (Cristo Véu)


  • Visite o Palácio Real de Nápoles, construído no século XVII, é um imponente edifício histórico. Durante a visita, é possível explorar os aposentos reais preservados com sua decoração original. A construção passou por transformações ao longo dos anos sendo finalizada somente em 1858.


  • Museu Arqueológico Nacional de Nápoles


Está localizado em Nápoles, na região da Campania, sul da Itália e situado no centro histórico da cidade, próximo ao Palácio Real de Nápoles.


Você encontrará uma coleção impressionante de artefatos históricos, incluindo o Tesouro de Pompeia, esculturas famosas, arte egípcia e afrescos, além de outros artefatos fascinantes.


É uma visita imperdível para os amantes da história e da arqueologia.


  • Conheça a Ilha de Capri: Para chegar à ilha de Capri, você pode pegar um barco a partir de Nápoles. Há opções de ferry e barcos rápidos que fazem a travessia até a ilha.


O tempo de viagem varia de acordo com o tipo de embarcação escolhida. Lá você irá se surpreender com a Gruta Azul, além de praias deslumbrantes, cafés, teleféricos e muito mais.


  • Desfrute a vista panorâmica do Monte Vesúvio

É possível chegar às ruínas de Pompeia em apenas 30 minutos de trem.


A cidade de Pompeia, que foi soterrada pela erupção do Monte Vesúvio em 79 d.C., é um local arqueológico fascinante que oferece uma visão única da vida romana antiga.


Monte Vesúvio é um vulcão ativo localizado na região da Campânia, na Itália.

Sua erupção mais famosa ocorreu no ano 79 d.C., quando as cidades romanas de Pompeia e Herculano foram soterradas pelas cinzas vulcânicas e pela lava.



Você pode adquirir seu ingresso online para uma visita a um preço médio de €37 por pessoa. Além disso, existem pacotes completos de translado disponíveis.


No entanto, é importante observar que a maioria dos guias turísticos e vulcanólogos da região não falam português, sendo o italiano o idioma predominante.


Além de compreender os guias e moradores locais, falar italiano te propicia mergulhar na cultura e histórias do lugar, fazendo com que sua experiência seja ainda mais enriquecedora.


Além de apreciar os principais pontos da Itália, você poderá se comunicar livremente e estabelecer conexões autênticas, tendo acesso às tradições, riqueza da culinária e histórias por trás dos monumentos.




💡Curiosidade


Você sabia que Nápoles também é conhecida pela música "Funiculì, Funiculà"?


Certamente você já ouviu essa música:


Versão Luciano Pavarotti (1995)


A música foi escrita em 1880 para celebrar a inauguração do funicular (tipo de transporte puxado por cabos) do Monte Vesúvio, em Nápoles, na Itália.


Ela se tornou extremamente popular sendo considerada um dos hinos não oficiais da cidade. A melodia alegre e contagiante da música captura o espírito vibrante e alegre do povo napolitano.



De volta a Nápoles: A forte influência religiosa


A cidade é conhecida pela sua forte influência religiosa, possui uma longa tradição católica e abriga diversas igrejas, mosteiros e locais de devoção que refletem a importância da fé na vida dos napolitanos.


O padroeiro da cidade é San Gennaro (São Januário), que recebe várias homenagens por toda a Itália. As celebrações ocorrem em 19 de setembro, quando ocorre o "milagre de São Genaro".


A cerimônia da liquefação do sangue é uma tradição realizada em Nápoles, onde milhares de pessoas se reúnem no Duomo di Napole (Catedral de Nápoles) para testemunhar o "milagre de São Gennaro".


A multidão acompanha para ver se o sangue milagrosamente se liquefaz, o que é considerado um sinal de bênção para a cidade.


A Basílica de Santa Chiara em Nápoles é um importante local de devoção dedicado a Santa Clara de Assis, onde abriga as relíquias da santa.


Santa Chiara é o nome utilizado em italiano para se referir a Santa Clara, e a basílica é conhecida por ambos os nomes.


É um destino popular para peregrinos e fiéis em busca de bênçãos e consolo espiritual, um local de grande beleza e tranquilidade, atraindo visitantes em busca de contemplação e apreciação artística.



Além dessas, Nápoles também possui outras igrejas de destaque, como:San Domenico Maggiore, Gesù Nuovo e San Lorenzo Maggiore.



O lado obscuro que ninguém conta


Nápoles é uma cidade cheia de história e lendas, onde às vezes se ouvem sussurros de tempos passados.


Como em qualquer lugar, é importante estar ciente do seu entorno e tomar precauções básicas. Embora a cidade tenha sido retratada em filmes e livros como o cenário de histórias sombrias da máfia (muitas delas ficcionais), a cidade hoje é vibrante e acolhedora.


Ao caminhar pelas ruas de Nápoles, você pode sentir a presença das tradições antigas, transmitidas através das gerações. É interessante observar a influência histórica que moldou a cidade, incluindo elementos que podem ter existido no passado.


No entanto, é importante lembrar que Nápoles é uma cidade segura para os visitantes que seguem as orientações locais e aproveitam tudo o que ela tem a oferecer: desde a sua rica cultura até a suas peculiaridades.



Nápoles e seus mistérios subterrâneos


Nápoles guarda em seu subsolo uma cidade subterrânea repleta de mistérios e encantos. Com origens que remontam à Grécia Antiga e ao Império Romano, essa cidade oculta é formada por uma complexa rede de túneis, aquedutos e cisternas.

É possível explorar esses espaços e desvendar a história e a arquitetura antigas que se escondem sob a superfície. A cidade subterrânea foi construída ao longo dos séculos por diferentes motivos, como abrigos durante guerras, necessidade de armazenamento e aproveitamento do espaço em uma área densamente povoada.


Além disso, a presença de aquíferos levou à construção de sistemas de aquedutos e cisternas para fornecer água potável à cidade. Assim, a cidade subterrânea de Nápoles revela-se como um tesouro cheio de riquezas históricas.



De volta à superfície: o mangiare Napolitano


A gastronomia de Nápoles está intimamente ligada à Dieta do Mediterrâneo, conhecida como um dos padrões alimentares mais saudáveis do mundo.


A alimentação desempenha um papel fundamental na vida dos moradores de Nápoles. Estudos científicos demonstram que a dieta local está associada a diversos benefícios para a saúde, contribuindo para uma vida mais longa para os napolitanos.


Os moradores desfrutam de uma culinária deliciosa, que incorpora os princípios da dieta em pratos tradicionais, como a pizza margherita, massas frescas, frutos do mar e saladas coloridas, que são apreciados diariamente.




A pizza napolitana, por exemplo, feita com massa fina, tomate fresco e queijo mozzarella, incorpora elementos-chave da dieta, com a utilização de ingredientes naturais.


Dentre os benefícios da dieta, estão a redução do risco de doenças cardiovasculares, controle da pressão arterial, melhora do perfil lipídico, prevenção de certos tipos de câncer e promoção da saúde mental.



Ao apreciar a gastronomia napolitana, os visitantes de Nápoles têm a oportunidade de experimentar uma dieta equilibrada, rica em nutrientes e com sabores autênticos.



Non tutti i supereroi indossano un mantello

(Nem todo herói usa capa)


A história de Nápoles com o futebol está profundamente ligada à figura de Diego Maradona. Em 1984, Maradona foi contratado pelo Napoli, um clube que até então não tinha muita expressão no cenário nacional e internacional.


Sob a liderança de Maradona, o Napoli experimentou sua era mais vitoriosa: conquistou seu primeiro campeonato italiano, alcançando sucesso notável e colocando o time em evidência.


A relação entre Maradona e os napolitanos transcendeu o campo. Ele se tornou um ídolo e símbolo da cidade, amado e idolatrado pelos torcedores do Napoli.


Sua personalidade carismática e habilidade extraordinária o eternizaram como um ícone em Nápoles, onde sua contribuição para o clube e para a cidade é lembrada com carinho e gratidão.


Minha última dica, porem a mais importante:



Aproveite sua viagem e desfrute de tudo o que Nápoles tem a oferecer!


Nápoles é uma cidade com características e peculiaridades próprias que a distinguem de outras cidades italianas.


Essas peculiaridades podem ser observadas em vários aspectos, como a cultura, a gastronomia, a arquitetura e até mesmo o comportamento das pessoas.


A cidade possui uma atmosfera vibrante e caótica, com ruas estreitas e movimentadas, mercados agitados e uma intensa vida social.


Espero que ao longo do texto você consiga ter se imaginado caminhando pelas ruas de Nápoles, quem sabe entendendo as conversas avulsas, saboreando autênticos pratos italianos e mergulhando na atmosfera única dessa cidade vibrante.


Conhecer a Itália falando italiano ampliará suas oportunidades de viajar e se comunicar, além de ser uma maneira de se conectar com suas raízes, tanto para você, descendente direto de italianos, quanto para você que se interessa pela cultura e história da Itália.


Como descendente de italianos, possuo uma conexão profunda com as minhas raízes, e é por isso que me dedico a compartilhar a rica cultura, história e língua italiana, que exercem uma forte influência em nossas origens.


Se você chegou até aqui e ainda não fala italiano, saiba que é possível aprender de forma gratuita no Intensivão de 15 dias de italiano - Imigração Italiana, um evento online gratuito, onde você vai aprender em duas semanas o que pessoas normalmente levam 4 meses, graças ao método Formentin.



O evento acontece de 18/06 a 02/07, onde você ainda conta com o material gratuito para acompanhar as aulas.


Spero di rivederti presto

(Espero te reencontrar em breve)



Grazie e arriverderci!

(Obrigado e adeus)






1.809 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo

5 Comments


Marcia Campolim de Oliveira
Marcia Campolim de Oliveira
Jun 08, 2023

Já estive em Nápoles e gostei demais, mas lendo o artigo constatei que ainda tenho muito por ver naquela cidade que nos abraça. Apaixonei-me por Pompéia... local que todos deveriam conhecer!!!

Like
Silvano Formentin
Silvano Formentin
Jun 15, 2023
Replying to

Fico feliz em poder contribuir um pouco mais para a sua próxima visita à Nápoles!

Like

batistelamarco
batistelamarco
Jun 05, 2023

Parabéns Silvano, pela explanação. Muito rica em detalhes sobre Nápoles e região.

Like

ruberitogusmao
Jun 01, 2023

Mioiuito envolvente a sua apresentação desta cidade italiana de muitas histórias interessantes,e cenários cinematográficos.Parabéns,pelos destaques dos pontos turistícos mais visitados na cidade!

Like

Maria Celia Lustosa Goulart
Maria Celia Lustosa Goulart
Jun 01, 2023

Estou indo para Nápoles em 8/9/23, muitos anos sem estudar. Revendo leituras e livros de estudo da época que fiz curso, mas preciso estar em contato com o idioma com maior frequência. Me piace tantissimo si potevo estudiare con Voi. Grazie Maria Celia M.L.Goulart

Like
bottom of page